Diretório Estadual do PT de São Paulo – PT-SP (seção)

Zona de identificação

tipo de entidade

Forma autorizada do nome

Diretório Estadual do PT de São Paulo – PT-SP (seção)

Forma(s) paralela(s) de nome

Forma normalizada do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

datas de existência

história

embora o encontro de fundação do PT tenha ocorrido no início de 1980, sua implantação nos estados e municípios ocorreu de modo paulatino, sendo o Diretório Regional de São Paulo um dos primeiros constituídos no país. O DR/SP surgiu como uma instância responsável não apenas pela coordenação do trabalho do partido no estado, mas também como órgão de interlocução direta com os chamados Diretórios Distritais da capital. Isto porque a legislação da época proibia a existência de diretórios municipais em cidades de grande concentração populacional, consideradas áreas de segurança nacional – o que incluía a capital paulista. Esta situação se alterou somente por volta de 1985, quando a legislação permitiu a formação do Diretório Municipal de São Paulo, passando o Diretório Regional a denominar-se Diretório Estadual, e os Distritais a denominarem-se Zonais. O Diretório foi berço da revista Teoria e Debate, lançada em 1986, e é ainda hoje uma das principais bases do partido em todo o país.

Locais

status legal

funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

contexto geral

Área de relacionamento

Área de pontos de acesso

Ocupações

Zona de controle

Identificador do registo de autoridade

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão ou eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Notas de manutenção

  • Área de transferência

  • Exportar

  • EAC