Fundo CCM - Clóvis Campêlo

Área de identidad

Código de referencia

CCM

Título

Clóvis Campêlo

Fecha(s)

  • 1991 - 1997 (Creación)

Nivel de descripción

Fundo

Volumen y soporte

Documentos iconográficos: 100 fotografias.

Área de contexto

Nombre del productor

Historia biográfica

Clóvis Campêlo é natural do Recife/PE. Graduou-se em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco no início dos anos 1980 e em letras pela Universidade Católica do Recife no início da década de 1990. Além de poeta, cronista e fotógrafo amador, atuou como agente administrativo no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Como membro da tendência CUT pela Base, atuou no movimento sindical desde os tempos do Clube dos Previdenciários do Recife, entidade que antecedeu a formação do Sindicato da categoria no final da década de 1980. Entre 1993 e 1996 foi funcionário da Secretaria de Imprensa da entidade, na qual trabalhou como fotógrafo. Nesse momento, que corresponde ao período em que permaneceu filiado ao PT, produziu registros fotográficos de momentos marcantes da vida política no estado de Pernambuco, envolvendo não só o PT e o Sindicato dos Previdenciários, mas também entidades do movimento social, sobretudo a CUT e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra. Faleceu em junho de 2018 em Recife/PE.

Historia archivística

Dado não disponível.

Origen del ingreso o transferencia

Doação: Clóvis Campêlo, 2003.

Área de contenido y estructura

Alcance y contenido

O acervo reúne fotografias de autoria de Clóvis Campêlo produzidas ao longo dos anos 1990 que retratam atividades promovidas por movimentos sociais e pelo PT. Incluem registros de manifestações e assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) no nordeste, do 1o Congresso Infanto Juvenil do MST de Pernambuco, de ações do movimento dos previdenciários de Recife, do Monumento contra a Tortura erigido na capital pernambucana, e do 5o Congresso Nacional da CUT, realizado em São Paulo em 1994. Em relação ao PT, contempla imagens de visita de Luiza Erundina ao Estado de Pernambuco em 1991 e de atividades do Partido, sobretudo panfletagens, nas eleições de 1989, 1992 e 1994.

Valorización, destrucción y programación

Acumulaciones

Sistema de arreglo

Área de condiciones de acceso y uso

Condiciones de acceso

Público, mediante agendamento prévio.

Condiciones

reprodução permitida, salvo em casos de direitos autorais.

Idioma del material

  • portugués

Escritura del material

Notas sobre las lenguas y escrituras

Características físicas y requisitos técnicos

Instrumentos de descripción

Área de materiales relacionados

Existencia y localización de originales

Existencia y localización de copias

Unidades de descripción relacionadas

Descripciones relacionadas

Área de notas

Notas

Acervo em bom estado de conservação

Identificador/es alternativo(os)

Puntos de acceso

Puntos de acceso por materia

Puntos de acceso por lugar

Puntos de acceso por autoridad

Tipo de puntos de acceso

Área de control de la descripción

Identificador de la descripción

Identificador de la institución

Reglas y/o convenciones usadas

Conselho Internacional de Arquivos. ISAD(G): Norma Geral Internacional de Descrição Arquivística. 2a ed. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2000.

Fechas de creación revisión eliminación

Descrição: agosto de 2009.
Revisão: abril de 2020.

Idioma(s)

Fuentes

Área de Ingreso

Materias relacionadas

Personas y organizaciones relacionadas

Tipos relacionados

Lugares relacionados